Skip navigation

As viagens ao mundo das redes sociais é algo recorrente no dia-a-dia de quem utiliza a Internet como entretenimento ou mesmo a trabalho. O IDGNow publicou uma lista de 12 dicas de segurança para usufruir dessas redes sem ter dor de cabeça. Segue a lista:

1. Cuidado com o excesso de informações pessoais: as cinco coisas que você nunca deve compartilhar;
2. Personalize as opções de privacidade;
3. Limite detalhes do seu histórico de trabalho no LinkedIn;
4. Não confie, verifique;
5. Controle os comentários;
6. Evite compartilhar detalhes pessoais acidentalmente;
7. Pesquise a si mesmo;
8. Não viole as políticas de social networking da sua empresa;
9. Saiba como os sites podem usar sua informação;
10. Esqueça o concurso de popularidade;
11. Crie uma rede social menor;
12. Configure uma conta OpenID.

Acompanhe a descrição de cada dica no site da IDGNow [http://idgnow.uol.com.br/seguranca/2008/10/16/redes-sociais-12-dicas-para-garantir-sua-seguranca-digital/]

A exemplo de outros veículos que geram e disponibilizam, gratuitamente, seu conteúdo na Internet, o Canal Futura [http://www.futura.org.br/] da Fundação Roberto Marinho passa a disponibilizar sua programação para download via Torrent [http://pt.wikipedia.org/wiki/BitTorrent], o que permite aos usuário além de viajarem na programação disponível, compartilharem na rede. Tudo isso em Futuratec [http://www.futuratec.org.br/].

A viagem agora segue sobre o Twitter [http://www.twitter.com/] em um vídeo passo-a-passo produzido pela CommonCrafts [http://www.commoncraft.com/].

Seguindo a viagem pelo CommonCrafts [http://www.commoncraft.com/], entenda agora como funcionam os Podcasts [http://pt.wikipedia.org/wiki/Podcasting].

E após isso se abasteça com conteúdo de Podcasts. Abaixo vai umas dicas:
[http://www.podbr.com/]
[http://oglobo.globo.com/podcasting/]
[http://www.maestrobilly.com/podcast/]
[http://www.podcast1.com.br/]

Também do site CommonCrafts [http://www.commoncraft.com/], segue a viagem didática, agora sobre o que é RSS ou Really Simple Syndication [http://pt.wikipedia.org/wiki/RSS]?. Ferramenta produtiva e importantíssima para quem acompanha muitos blogs.

O Meu Balão vai dar uma parada nos próximos posts para visitar o CommonCrafts [http://www.commoncraft.com/]. O website é mantido pelo casal Sachi LeFever e Lee LeFever, onde apresentam seus trabalhos de produção de vídeos. Entre estes trabalhos existe uma série que eles chamam de “In plain English”, algo como “em português claro”, que é uma viagem sobre o funcionamento de serviços e idéias na web, mas de forma didática e gráfica.

Seguindo a viagem do post anterior, o IBGE [http://www.ibge.gov.br] tem um serviço interessantíssimo chamado Países [http://www.ibge.gov.br/paisesat/]. Um mapa-mundi interativo que traz informações sobre população, indicadores sociais, economia, meio ambiente e muito mais, sobre vários países espalhados por este mundo. Sem dúvida um website completo de conteúdo para pesquisas, ou até matar a curiosidade.

A viagem pela web também tem seus registros em mapas. Abaixo um estudo realizado pela e-maps [http://explomap.free.fr/], onde o mapa-mundi foi montado relacionando o número de visitas dos websites mais acessados no mundo, com o tamanho da área de cada país.

Sou um viajante que sempre passa pelos add-ons [http://addons.mozilla.org] do browser Firefox, ou “complementos” na versão em português do aplicativo. São extensões que permitem novas funcionalidades ao browser. Hoje o post vai para o YouTube Better [http://addons.mozilla.org/en-US/firefox/addon/6460], este add-on  permite que ao acessar o YouTube [http://br.youtube.com] você possa cancelar o autoplay, fazer o download do vídeo e tornar padrão o modo 640×480 de todos os vídeos, o que permite uma visualização maior sem todos aqueles links ao redor.

Seguindo a viagem sobre a história da Internet, o Google disponibilizou [http://www.google.com/tenthbirthday/#start], como comemoração ao aniversário de 10 anos da empresa, um histórico das suas atuações. Uma timeline interessantíssima que viaja pelas passos desta organização em uma decada.